Questões de Economia

Lista completa de Questões de Economia para resolução totalmente grátis. Selecione os assuntos no filtro de questões e comece a resolver exercícios.

Tendo como referência inicial esse fragmento de texto, julgue (C ou E) os itens a seguir, pertinentes às funções e competências de um banco central.

As funções do Federal Reserve System (FED) dos Estados Unidos da América incluem a de emprestador de última instância, utilizada para enfrentar danos causados por crises financeiras severas. Exercida pelo FED no enfrentamento da crise de 1929, essa função não foi adotada no trato da crise financeira de 2008, que, por isso, teve sua dimensão sistêmica ampliada.

  • C. Certo
  • E. Errado

Tendo como referência inicial esse fragmento de texto, julgue (C ou E) os itens a seguir, pertinentes às funções e competências de um banco central.

Em sua função de “banco dos bancos”, cabe ao Banco Central do Brasil (BCB) formar um “colchão de liquidez” para o sistema financeiro, de modo que, em momentos de incerteza e de liquidez restrita, ele possa reduzir o montante dos recolhimentos compulsórios e liberar recursos para as instituições financeiras, a exemplo do que fez para mitigar os efeitos da crise de 2008 sobre a economia brasileira.

  • C. Certo
  • E. Errado

O sistema financeiro nacional é dividido em dois subsistemas: Normativo e Intermediação Financeira. Assinale a alternativa que apresente os componentes do Sistema Normativo.

  • A. Banco do Brasil, Bancos Comerciais e Sistema Financeiro de Habitação.
  • B. Conselho Monetário Nacional, Banco Central do Brasil e Comissão de Valores Mobiliários.
  • C. Bancos de Desenvolvimento, Bancos de Investimentos e Companhias de Crédito e, Financiamento e Investimento.
  • D. Instituições Auxiliares, Sociedade de Arrendamento Mercantil e Sociedades Corretoras e Distribuidoras.
  • E. Casa da Moeda, Caixa Econômica e Comissão de Valores Mobiliários.

Relacione cada função econômica do governo à sua característica ou ao seu exemplo.

1. Função Alocativa

2. Função Distributiva

3. Função Estabilizadora

( ) O acesso da população à água e ao esgoto tratável contribui para reduzir os gastos públicos com saúde.

( ) O adequado uso da política monetária leva a uma taxa de inflação menor, sem afetar fortemente o desemprego.

( ) Reduzir impostos sobre consumo tem efeitos progressivos sobre a renda das pessoas.

Assinale a opção que apresenta a relação correta.

  • A. 1, 2 e 3.
  • B. 1, 3 e 2.
  • C. 2, 3 e 1.
  • D. 3, 1 e 2;
  • E. 3, 2 e 1.

Considerando a Equivalência Ricardiana, assinale (V) para a afirmativa verdadeira e (F) para a falsa.

I. Uma redução dos impostos pelo governo hoje eleva o consumo das famílias de imediato.

II. O governo deve sempre manter um orçamento em equilíbrio a cada exercício.

III. Um aumento dos impostos correntes leva a uma queda da poupança privada corrente.

As afirmativas são, respectivamente,

  • A. V, V e V.
  • B. V, F e V.
  • C. V, F e F.
  • D. F, V e F.
  • E. F, F e V.

Política Fiscal é a manipulação dos tributos e dos gastos do governo para regular a atividade econômica. Ela é usada para neutralizar as tendências à depressão e à inflação. A Política Fiscal ____________ é usada quando há uma insuficiência de demanda agregada em relação à produção de pleno emprego.

  • A. Intrusiva.
  • B. Expansiva.
  • C. Externa.
  • D. Inclusiva.

O quadro de desequilíbrio estrutural e de forte restrição externa que caracterizou a economia brasileira no início de 1974 permitiu ao presidente Geisel a implantação das mudanças estruturais na economia, que vieram a compor o II Plano Nacional de Desenvolvimento. Acerca do tema, é INCORRETO afirmar que

  • A. os investimentos públicos e privados foram canalizados para setores identificados como “pontos de estrangulamento”, os quais envolviam a formação de infraestrutura, inclusive, quanto ao setor energético, à produção de bens de capital e à promoção das exportações.
  • B. os investimentos públicos eram financiados através de recursos do orçamento, via arrecadação de impostos, e por empréstimos externos captados por empresas estatais, que tinham acesso ao mercado de crédito internacional, por influência do governo federal.
  • C. havia um entendimento de que o crescimento econômico poderia ser liderado pelas exportações líquidas, as quais eram incentivadas por uma política de desvalorização cambial que não comprometesse o processo de substituição de importações.
  • D. o endividamento externo e a escassez de dólares no mercado internacional tornaram a política fiscal impraticável, abrindo espaço para a política monetária, que era operacionalizada por leilões de divisas, cujos participantes compunham o setor de substituição de importações.

Sobre o cálculo da dívida pública, é INCORRETO afirmar que

  • A. o setor público, para fins de apuração dos indicadores da dívida pública, considera as instituições públicas não financeiras, bem como os fundos públicos que não possuem características de intermediários financeiros.
  • B. a dívida líquida do setor público (DLSP) é o total de obrigações do setor público não financeiro, deduzidos de seus ativos financeiros junto aos agentes privados não financeiros e aos agentes financeiros, públicos e privados.
  • C. a dívida pública mobiliária federal interna (DPMFi) é a dívida do governo federal sob a forma de títulos públicos, enquanto que a dívida pública mobiliária federal externa (DPMFe) é a dívida do governo federal sob a forma de títulos e contratos, sendo ambas contabilizadas em moeda nacional.
  • D. os conceitos sobre a dívida pública, com relação à abrangência, englobam o governo central (Tesouro Nacional, INSS e Banco Central), o governo federal (Tesouro Nacional e INSS), o governo geral (governo federal e governo regionais), os governos regionais (governos estaduais e municipais) e as empresas estatais, sejam elas federais, estaduais e municipais.

Sobre o endividamento público, é INCORRETO afirmar que

  • A. a dívida pública tende a cair, se o superavit primário for suficiente para pagar todas as despesas com juros e ainda restar um saldo positivo, coeteris paribus.
  • B. a dívida pública reduz com a emissão de moeda representada pela montante de senhoriagem controlada.
  • C. menor é o esforço fiscal para manter a dívida controlada como proporção do PIB, quanto maior for o crescimento da economia.
  • D. o aumento da taxa de juros como instrumento de controle inflacionário contribui com a estabilidade da relação dívida pública/PIB.

São atividades permitidas a uma Agência de Fomento:

I. A participação societária em sociedades empresárias não integrantes do sistema financeiro.

II. Swap para proteção de posições próprias.

III. A captação de recursos junto ao público, pessoas físicas e jurídicas, inclusive de recursos externos.

IV. Operações específicas de câmbio.

V. Prestação de serviços de consultoria e de agente financeiro.

VI. Acesso à conta de Reservas Bancárias do Banco Central do Brasil.

Quais estão corretas?

  • A. Apenas I, III e VI.
  • B. Apenas IV, V e VI.
  • C. Apenas I, II, IV e V.
  • D. Apenas II, III, IV e V.
  • E. Apenas III, IV, V e VI.
Provas e Concursos

O Provas e Concursos é um banco de dados de questões de concursos públicos organizadas por matéria, assunto, ano, banca organizadora, etc

Parceiros

Caso deseje ser um parceiro entre em contato.

questões de concurso

{TITLE}

{CONTENT}

{TITLE}

{CONTENT}
Provas e Concursos
0%
Aguarde, enviando solicitação!

Aguarde, enviando solicitação...