Questões de Enfermagem da Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (NUCEPE)

Lista completa de Questões de Enfermagem da Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (NUCEPE) para resolução totalmente grátis. Selecione os assuntos no filtro de questões e comece a resolver exercícios.

O predomínio relativo das condições crônicas tende a aumentar em razão da produção social de condições crônicas a partir de prevalência significativa e em geral crescente dos determinantes sociais da saúde, como:

  • A. Imunização.
  • B. Excesso de peso.
  • C. Sedentarismo.
  • D. Renda insuficiente.
  • E. Tabagismo.

O fenômeno descrito caracteriza o aumento inusitado do número de casos de uma doença ou agravo em um curto período de tempo, denominado:

  • A. Epidemia
  • B. Pandemia
  • C. Endemia
  • D. Zoonose
  • E. Epizootia

A classificação das feridas, embora variável, é importante instrumento para a avaliação das lesões, pois possibilita aos profissionais de saúde a determinação com precisão e rapidez das melhores condutas a serem adotadas de acordo com o tipo de lesão. Quanto à etiologia da lesão, uma ferida é classificada como corto-contusa quando:

  • A. Ocorre uma lesão pelo atrito da pele com uma superfície áspera, como solo ou asfalto. Atinge somente a epiderme.
  • B. Ocorre uma lesão linear produzida por um instrumento afiado (faca, bisturi, vidro), resultando em um corte limpo.
  • C. Ocorre uma lesão de formato irregular, com diversos segmentos ulcerados, perda de tecidos, bordas irregulares e possíveis áreas de equimoses e hematomas.
  • D. Ocorre uma lesão resultante da laceração ou separação forçada dos tecidos, afetando com maior frequência as extremidades.
  • E. Ocorre uma lesão com formato e bordas regulares, dependendo do elemento causador, do impacto sobre a pele e do potencial de ruptura dos tecidos. Tem um orifício de entrada e outro de saída.

A duração do trabalho de parto ativo nas primíparas é em média de:

  • A. 5 horas e é pouco provável que dure mais que 12horas.
  • B. 4 horas e é pouco provável que dure mais que 10 horas.
  • C. 3 horas e é pouco provável que dure mais que 7 horas.
  • D. 8 horas e é pouco provável que dure mais que 12 horas.
  • E. 8 horas e é pouco provável que dure mais que 18 horas.

O pré-natal de baixo risco pode ser realizado pelo enfermeiro, desde que essa gestante também seja acompanhada pelo médico em algumas consultas. Na primeira consulta do pré-natal o enfermeiro deve solicitar os seguintes exames, de acordo com o preconizado nos protocolos da Atenção Básica: Saúde das Mulheres - Ministério da Saúde, 2016:

  • A. hemoglobina, hematócrito, tipo sanguíneo, fator RH, eletroforese de hemoglobina, glicemia em jejum, urina tipo I, parasitológico de fezes, teste rápido para sífilis ou VDRL, teste rápido para HIV ou sorologia, sorologia para hepatite B, toxoplasmose IgM e IgG, urocultura e antibiograma.
  • B. hemoglobina, hematócrito, tipo sanguíneo, fator RH, glicemia em jejum, urina tipo I, parasitológico de fezes, teste rápido para sífilis ou VDRL, teste rápido para HIV ou sorologia, sorologia para hepatite B, toxoplasmose IgM e IgG, sorologia para citomegalovírus e rubéola.
  • C. hemoglobina, hematócrito, tipo sanguíneo, fator RH, eletroforese de hemoglobina, glicemia em jejum, urina tipo I, teste rápido para sífilis ou VDRL, teste rápido para HIV ou sorologia, sorologia para hepatite B, toxoplasmose IgM e IgG, teste rápido de proteinúria.
  • D. hemoglobina, hematócrito, tipo sanguíneo, fator RH, eletroforese de hemoglobina , glicemia em jejum, urina tipo I, parasitológico de fezes, teste rápido para sífilis ou VDRL, teste rápido para HIV ou sorologia, sorologia para hepatite B, toxoplasmose IgM e IgG, sorologia para citomegalovírus e rubéola
  • E. hemoglobina, hematócrito, tipo sanguíneo, fator RH, eletroforese de hemoglobina, glicemia em jejum, urina tipo I, teste rápido para sífilis ou VDRL, teste rápido para HIV ou sorologia, sorologia para hepatite B, toxoplasmose IgM e IgG, urocultura e antibiograma.

O leite humano possui numerosos fatores imunológicos que protegem a criança contra infecções. O principal é o anticorpo:

  • A. IgB
  • B. IgA
  • C. linfócitos B
  • D. lactoferrina
  • E. IgG

A suplementação de ferro: 40mg/dia de ferro elementar após o parto, para mulheres sem anemia diagnosticada, deve ser feito até:

  • A. 42 dias após o parto.
  • B. Dois meses após o parto.
  • C. Um mês após o parto.
  • D. Seis meses após o parto.
  • E. Três meses após o parto.

A dequitação corresponde ao terceiro período clínico do parto, se caracteriza por ser:

  • A. O período de dilatação total do colo, cabeça do bebê visível, contrações de expulsão ou esforço materno ativo.
  • B. O período que as contrações uterinas ainda possuem intensidade e frequência mínimas.
  • C. A primeira hora após ao nascimento da criança.
  • D. O momento desde o nascimento da criança até a expulsão da placenta e membranas.
  • E. O período de dilatação cervical quase total (9cm) até a saída do feto.

Não há uma causa isolada para o câncer de mama. Uma associação de fatores genéticos, hormonais e, possivelmente, ambientais pode aumentar o risco de seu desenvolvimento. Sendo assim podemos considerar fator de risco para o câncer de mama:

  • A. Menarca tardia, depois dos 15 anos.
  • B. História familiar de câncer de mama (parente de 1ºgrau).
  • C. Idade precoce na primeira gestação a termo antes dos 20 anos de idade.
  • D. Menopausa precoce, antes dos 55 anos de idade.
  • E. Dieta rica em proteínas.

Sobre a assistência ao recém-nascido imediatamente após o parto, analise os itens e marque alternativa ERRADA:

  • A. O clampeamento do cordão umbilical deve ocorrer entre 1 a 5 minutos de vida ou de forma fisiológica quando cessar a pulsação, exceto se houver alguma contraindicação em relação ao cordão ou necessidade de reanimação neonatal.
  • B. A vitamina K deve ser administrada por via oral, na dose única de 1 mg, pois este método apresenta a melhor relação de custo-efetividade.
  • C. O tempo de administração da profilaxia da oftalmia neonatal pode ser ampliado em até 4 horas após o nascimento.
  • D. Recomenda-se a utilização da pomada de eritromicina a 0,5% e, como alternativa, tetraciclina a 1% para realização da profilaxia da oftalmia neonatal. A utilização de nitrato de prata a 1% deve ser reservado apenas em caso de não se dispor de eritromicina ou tetraciclina.
  • E. Não se recomenda a aspiração orofaringeana e nem nasofaringeana sistemática do recém-nascido saudável.
Provas e Concursos

O Provas e Concursos é um banco de dados de questões de concursos públicos organizadas por matéria, assunto, ano, banca organizadora, etc

{TITLE}

{CONTENT}

{TITLE}

{CONTENT}
Provas e Concursos
0%
Aguarde, enviando solicitação!

Aguarde, enviando solicitação...