Questões de Criminologia da Fundação Carlos Chagas (FCC)

Lista completa de Questões de Criminologia da Fundação Carlos Chagas (FCC) para resolução totalmente grátis. Selecione os assuntos no filtro de questões e comece a resolver exercícios.

Sobre a criminologia positivista:

  • A. Ficou consagrada nos Estados Unidos com a obra Delinquent Boys, de Albert Cohen.
  • B. Foi a primeira manifestação de ruptura com a criminologia do consenso do Iluminismo.
  • C. A despeito da metodologia correta, os resultados de Lombroso não foram corretos.
  • D. Sua recepção no Brasil teve ressonância principalmente nos estudos das tribos indígenas e suas relações criminosas.
  • E. No Brasil seu desenvolvimento reforçou cientificamente o racismo.

Sobre a política criminal e penitenciária brasileira nas últimas duas décadas,

  • A. medidas de combate à corrupção têm mudado significativamente o perfil da população prisional brasileira, reduzindo a seletividade do sistema penal.
  • B. a política de construção de presídios tem se mostrado ineficiente na redução da superlotação prisional.
  • C. a implementação de medidas descarcerizadoras resultou em sensível redução da criminalidade e na melhora dos presídios.
  • D. a utilização da justiça restaurativa na solução de conflitos penitenciários aumentou o poder das facções prisionais.
  • E. o encarceramento feminino cresceu em virtude da falta de investimentos em presídios que considerem a questão de gênero.

Sobre o sistema p enal e a questão racial, é correto afirmar:

  • A. A criminalização secundária do racismo no Brasil conseguiu reverter o quadro histórico do preconceito na sociedade brasileira.
  • B. A injúria racial impede a substituição da pena privativa de liberdade por pena restritiva de direitos.
  • C. O racismo é característica estrutural do processo de criminalização secundária no Brasil.
  • D. A despeito do grande número de pessoas negras presas no Brasil, não se pode afirmar que o sistema penal brasileiro atue de forma discriminatória em virtude dos princípios constitucionais.
  • E. Apesar da previsão constitucional de imprescritibilidade do crime de racismo, sua aplicação prática é inócua diante da falta criminalização primária dos crimes de racismo.

A teoria do labelling approach

  • A. também é conhecida como teoria da anomia e exerceu forte influencia sobre o funcionalismo penal.
  • B. possui uma perspectiva transdisciplinar na discussão da questão urbana e da ecologia criminal.
  • C. surge no Reino Unido na década de 1950 em reação à teoria da associação diferencial.
  • D. tem o interacionismo simbólico na sociologia como forte influência para seu desenvolvimento em ruptura aos modelos de consenso até então imperantes na criminologia.
  • E. tem sua raiz na sociologia marxista do conflito.

A criminologia da reação social

  • A. concentra seus estudos nos processos de criminalização.
  • B. corresponde a uma teoria do consenso.
  • C. explica o comportamento criminoso como fruto de um aprendizado.
  • D. identificou as subculturas delinquentes.
  • E. explica a existência do homem criminoso pelo atavismo.

Sobre a criminologia é INCORRETO afirmar:

  • A. estuda crimes socialmente relevantes, tendo interesse em estudar homicídios dolosos e roubos.
  • B. moderna tem como meta erradicar as causas do crime, pois desta forma também se estará eliminando os seus efeitos.
  • C. tem como um dos objetivos orientar a política criminal na prevenção especial e direta dos crimes socialmente relevantes.
  • D. é uma ciência que trata do delito, do delinquente e da pena.
  • E. é um conjunto de conhecimentos que estuda o fenômeno e as causas da criminalidade, a personalidade do delinquente e sua conduta delituosa, incluindo também a maneira de ressocializá-lo.

  • A. Os crimes somente são esclarecidos se houver denúncias.
  • B. A polícia concentra o seu trabalho em grupos que por vezes estereotipa.
  • C. A polícia é também responsável, de certa forma, por alguns crimes.
  • D. A polícia apresenta mais reatividade do que proatividade.
  • E. A polícia deixa sempre a desejar em suas investigações de reatividade.

Sobre a vitimologia, é correto afirmar que

  • A. pouco tem ainda contribuído para a formulação de políticas públicas, já que nem sempre utiliza dados de interesse governamental.
  • B. a reparação do dano causado à vítima interessa e se constitui uma exigência social.
  • C. a vulnerabilidade da vítima decorre de diversos fatores comuns, o que faz com que o risco de vitimização seja equânime para as pessoas em geral, assim como o próprio delito.
  • D. os estudos de vitimologia têm auxiliado a compreensão do fenômeno da criminalidade, a partir da introdução do enfoque de que algumas delas devem ser protegidas pelo Estado.
  • E. não deve ser definida em termos de direito penal, mas sim de direitos humanos.

Na moderna concepção de prevenção das infrações penais e o Estado Democrático de Direito,

  • A. as atuações do Poder Judiciário e do Ministério Público enquadram-se na prevenção terciária.
  • B. a efetiva materialização de políticas públicas faz parte da prevenção primária do crime.
  • C. o trabalho desenvolvido pelas instituições públicas ou privadas na área social, qual seja, a respon sabilidade social, faz parte da prevenção secundária.
  • D. a construção de presídios e a atuação dos policiais são analisadas de forma apartada na questão das prevenções primária, secundária e terciária.
  • E. a atuação das Organizações Não Governamentais, ONG, tem hoje enquadramento na prevenção secundária e, às vezes, na terciária.

As técnicas e táticas utilizadas na proteção de dignitários visam, quando operacionalizadas,

  • A. o controle e o monitoramento de pessoas e de acessos às instalações, com base no poder de polícia conferido aos regulares agentes responsáveis destas tarefas.
  • B. identificar e quantificar os riscos existentes em uma operação, utilizando-se igualmente de técnicas em píricas.
  • C. questionar os critérios de tolerabilidade de riscos, quando a operação é efetivamente iniciada.
  • D. a eliminação completa dos riscos, diante de ade quado e eficaz planejamento.
  • E. evitar a materialização do perigo, decorrente de situações críticas reais.
Provas e Concursos

O Provas e Concursos é um banco de dados de questões de concursos públicos organizadas por matéria, assunto, ano, banca organizadora, etc

Parceiros

Caso deseje ser um parceiro entre em contato.

questoes de concurso

cupom de desconto

body feminino

pci concursos

bendito guia

{TITLE}

{CONTENT}

{TITLE}

{CONTENT}
Provas e Concursos
0%
Aguarde, enviando solicitação!

Aguarde, enviando solicitação...