Questões de Engenharia Cartográfica e de Agrimensura

Lista completa de Questões de Engenharia Cartográfica e de Agrimensura para resolução totalmente grátis. Selecione os assuntos no filtro de questões e comece a resolver exercícios.

As representações gráficas do meio, que denominamos de mapas, dizem respeito a dois elementos do universo físico ou cultural, sendo eles a localização geográfica e o atributo associado a essa localização. Como consequência do desenvolvimento científico e tecnológico, atualmente, “mapas” são as representações gráficas do meio que possuem alguns elementos que consideramos essenciais. Levando em consideração os dados apresentados, os elementos essenciais de um mapa são:

  • A. projeção cartográfica, redução em escala e indicação da direção Norte.
  • B. redução em escala, projeção cartográfica e a exatidão cartográfica.
  • C. projeção cartográfica e exatidão cartográfica.
  • D. redução em escala, projeção cartográfica e simbologia.
  • E. redução em escala, projeção cartográfica, simbologia e indicação da direção Norte.

Em 25 de fevereiro de 2005, o presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da Resolução do Presidente nº 001, alterou a caracterização do Sistema Geodésico Brasileiro (SGB). Com base nessa resolução, considere as seguintes afirmativas:

1. Ficou estabelecido como novo sistema de referência geodésico para o SGB e para o Sistema Cartográfico Nacional (SCN) o Sistema de Referência Geocêntrico para as Américas (SIRGAS), em sua realização do ano de 2000 (SIRGAS2000).

2. No que diz respeito ao SGB, o SIRGAS2000 podia ser usado em concomitância com os sistemas SAD-69 e Córrego Alegre por um período de transição não superior a 10 anos, antes que passasse a ser adotado de forma exclusiva, em 25 de fevereiro de 2015.

3. A figura geométrica adotada para a Terra é o elipsoide do Sistema Geodésico de Referência de 1980 (GRS80), cuja origem é no centro de massa da Terra e cujas estações de referência, no total de 21 para o território brasileiro, foram determinadas a partir de posicionamento GNSS (Global Navigation Satellite System).

4. O SIRGAS2000 difere dos sistemas SAD-69 e Córrego Alegre não apenas em relação à origem (sendo o primeiro geocêntrico e os dois últimos topocêntricos), mas também em relação aos parâmetros dos elipsoides adotados como figura geométrica para a Terra. Assim, para o SAD-69 adota-se o elipsoide Internacional de Hayford de 1924 com ponto Datum no vértice de triangulação Córrego Alegre; e para o Córrego Alegre adota-se o elipsoide Internacional de 1967 com ponto Datum no vértice de triangulação Chuá.

Assinale a alternativa correta.

  • A. Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras.
  • B. Somente as afirmativas 1 e 4 são verdadeiras.
  • C. Somente as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras.
  • D. Somente as afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras.
  • E. Somente as afirmativas 2, 3 e 4 são verdadeiras.

Após aproximadamente 35 anos de ajustamento manual das observações de nivelamento, o IBGE iniciou, nos primeiros anos da década de 80, a informatização dos cálculos altimétricos. Tal processo possibilitou a implantação, em 1988, do Projeto Ajustamento da Rede Altimétrica, com o objetivo de homogeneizar as altitudes da Rede Altimétrica do Sistema Geodésico Brasileiro (SGB). Depois da conclusão de um Ajustamento Altimétrico Global Preliminar (AAGP), o Departamento de Geodésia do referido instituto deu continuidade ao projeto, com a realização de cálculos ainda mais rigorosos, considerando também observações gravimétricas. Quanto ao ajustamento da Rede Altimétrica de Alta Precisão (RAAP) do SGB, considere as seguintes afirmativas:

1. As altitudes normais-ortométricas das Referências de Nível (RRNN) do SGB são periodicamente recalculadas em função da incorporação de novas observações, correção de inconsistências e utilização de novas técnicas de observação e cálculo.

2. Até meados da década de 1990, as coordenadas planimétricas das RRNN eram obtidas, principalmente, mediante extração de cartas topográficas nas escalas 1:50.000 e 1:100.000. Para tanto, a provável posição de cada RN era alcançada ora por meio da identificação de localidades ou feições notáveis, ora via lançamento com auxílio das distâncias percorridas desde o último ponto notável. Em outras situações (RRNN mais antigas), as coordenadas planimétricas eram também estimadas a partir de cartas 1:250.000 e métodos fotogramétricos. Atualmente, as coordenadas das RRNN implantadas ou visitadas são determinadas com navegadores GPS.

3. Os descritivos das RRNN são disponibilizados, pelo IBGE, na internet, a partir do Banco de Dados Geodésicos (BDG), em que, além das coordenadas e da altitude, é possível consultar a data da última visita, localização, estado de conservação, datas de medição e de cálculo e conexão com outras estações geodésicas.

Assinale a alternativa correta.

  • A. Somente a afirmativa 1 é verdadeira.
  • B. Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras.
  • C. Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras.
  • D. Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras.
  • E. As afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras.

Como consequência das limitações de nossa percepção visual, a representação de informações geográficas quantitativas em mapas temáticos exige a definição de classes numéricas, para que os usuários do mapa possam ver os diferentes tamanhos ou as diferentes cores dos símbolos que representam o tema do mapa. Com os dados da tabela ao lado, assinale a alternativa que define corretamente 3 classes numéricas pelos métodos dos quantis e dos intervalos constantes. Os dados são do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) dos municípios listados na tabela ao lado.

Levando em consideração os dados apresentados, assinale a alternativa correta.

  • A.
  • B.
  • C.
  • D.
  • E.

A legislação que rege o mapeamento sistemático brasileiro, especificamente o Decreto-Lei nº 243, de 28 de fevereiro de 1967, e o Decreto nº 89.817, de 20 de junho de 1984, estabelece a qualidade geométrica das cartas topográficas de acordo com o padrão de exatidão cartográfico (PEC) planimétrico e altimétrico. Ainda, de acordo com o art. 9º do Decreto no 89.817/84, as cartas topográficas, segundo sua exatidão, são classificadas nas Classes A, B e C. Com relação ao assunto, identifique como verdadeiras (V) ou falsas (F) as seguintes afirmativas:

( ) Para as cartas topográficas na escala 1:50.000, classe A, o PEC altimétrico é 15 metros, sendo 10 metros o erro padrão.

( ) Para as cartas topográficas na escala 1:50.000, classe A, o PEC planimétrico é 25 metros, sendo 15 metros o erro padrão.

( ) Para as cartas topográficas na escala 1:10.000, classe A, o PEC planimétrico é 5 metros, sendo 3 metros o erro padrão.

( ) Para as cartas topográficas na escala 1:25.000, classe A, o PEC planimétrico é 10 metros, sendo 5 metros o erro padrão.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.

  • A. V – V – F – F.
  • B. F – F – F – V.
  • C. F – V – V – F.
  • D. V – F – F – V.
  • E. F – V – V – V.

O Decreto-Lei nº 243, de 28 de fevereiro de 1967, em seu art. 8º, estabelece que “a Cartografia Sistemática Terrestre Básica tem por fim a representação da área terrestre nacional, através de séries de cartas gerais contínuas, homogêneas e articuladas, nas escalas-padrão assim discriminadas: Série de 1:1.000.000, Série de 1:500.000, Série de 1:250.000, Série de 1:100.000, Série de 1:50.000 e Série de 1:25.000”. Com base na articulação de folhas nas escalas definidas nesse decreto-lei, assinale a alternativa que apresenta: (a) a codificação da carta topográfica na escala 1:50.000 da região na qual encontra-se a localização cujas coordenadas geográficas são latitude 24°10’32” S e longitude 52°20’47” W; e (b) os limites geográficos dessa mesma carta.

  • A. (a) SG-21-X-B-I-1 – (b) latitudes 24°00’ S e 24°15’ S; longitudes 51°15’ W e 51°30’ W.
  • B. (a) SG-22-X-B-III-1 – (b) latitudes 24°00’ S e 24°15’ S; longitudes 51°00’ W e 51°15’ W.
  • C. (a) SF-21-X-B-I-1 – (b) latitudes 24°00’ S e 24°15’ S; longitudes 52°15’ W e 52°30’ W.
  • D. (a) SF-22-V-B-I-1 – (b) latitudes 24°00’ S e 24°15’ S; longitudes 52°15’ W e 52°30’ W.
  • E. (a) SG-22-V-B-I-1 – (b) latitudes 24°00’ S e 24°15’ S; longitudes 52°15’ W e 52°30’ W.

Com a tecnologia computacional, os mapas isarítmicos tornaram-se comuns e, consequentemente, importantes em trabalhos que exigem análises espaciais. As soluções computacionais possibilitaram o desenvolvimento de algoritmos que permitem a representação tridimensional de mapas isarítmicos. Um mapa isarítmico tridimensional é comumente denominado:

  • A. modelo digital de superfície.
  • B. mapa digital.
  • C. interpolador computacional.
  • D. mapa interativo.
  • E. mapa com realidade virtual.

No processo de comunicação cartográfica de mapas temáticos, a representação do tema é construída com os conceitos de linguagem cartográfica. Para cada mapa temático, a linguagem cartográfica é projetada em função de dois elementos: a dimensão espacial com que os usuários realizarão análises sobre o tema e a primitiva gráfica com a qual se define o elemento gráfico que representará as feições geográficas do tema. Os outros dois elementos da linguagem cartográfica são o nível de medida e a variável visual. Com relação ao assunto, identifique como verdadeiras (V) ou falsas (F) as seguintes afirmativas:

( ) As variáveis visuais adequadas às representações nominais e as variáveis visuais adequadas às representações ordinais são mutuamente excludentes, tendo em vista as percepções visuais humanas.

( ) Os níveis de medida ordinal e numérico são tratados de maneira similar nos projetos cartográficos, uma vez que as mesmas variáveis visuais são adequadas a ambos os tipos de representações temáticas.

( ) Independentemente do nível de medida em que a classificação do fenômeno geográfico está definido, a variável visual matiz da cor é sempre a mais eficiente visualmente.

( ) Para representações de classificações temáticas definidas no nível de medida nominal, as variáveis visuais matiz e valor da cor são sempre as mais adequadas.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.

  • A. V – F – V – V.
  • B. V – V – F – F.
  • C. F – V – V – F.
  • D. F – V – F – V.
  • E. V – F – F – V.


Qual é a escala nominal da planta e a distância plana entre os pontos cotados 650 m e 670 m representados nessa planta, utilizando a escala gráfica apresentada?

  • A. 1:500 e 565 m.
  • B. 1:1.000 e 550 m.
  • C. 1:2.000 e 555 m.
  • D. 1:5.000 e 560 m.
  • E. 1:10.000 e 560 m.

A escolha das projeções cartográficas adequadas à representação cartográfica de uma determinada região geográfica depende das relações entre as características da região geográfica e das projeções cartográficas. Com relação a mapas coropléticos do Brasil, dos indicadores socioeconômicos por estado da federação, assinale a alternativa que indica a projeção cartográfica adequada a essas representações temáticas.

  • A. UTM – Universal Transversa de Mercator.
  • B. Projeção cônica conforme.
  • C. Projeção cônica equivalente.
  • D. Projeção cilíndrica equivalente oblíqua.
  • E. Projeção cônica equivalente transversa.
Provas e Concursos

O Provas e Concursos é um banco de dados de questões de concursos públicos organizadas por matéria, assunto, ano, banca organizadora, etc

Parceiros

Caso deseje ser um parceiro entre em contato.

{TITLE}

{CONTENT}

{TITLE}

{CONTENT}
Precisa de ajuda? Entre em contato!
0%
Aguarde, enviando solicitação!

Aguarde, enviando solicitação!