Questões de Sociologia

Lista completa de Questões de Sociologia para resolução totalmente grátis. Selecione os assuntos no filtro de questões e comece a resolver exercícios.

Ao nascer, a pessoa encontra um mundo que já está pronto e com o qual passa a ter uma relação através de contato social. Esse processo pelo qual os indivíduos formam a sociedade e são formados por ela é chamado de:

  • A. Cooperação
  • B. Aproximação
  • C. Globalização
  • D. Interação
  • E. Socialização

Sobre a escala de transformações nas relações globais constituída pela revolução cultural e da informação, Stuart Hall salienta que “Queiramos ou não, aprovemos ou não, as novas forças e relações postas em movimento por este processo estão tornando menos nítidos muitos dos padrões e das tradições do passado. Por bem ou por mal, a cultura é agora um dos elementos mais dinâmicos — e mais imprevisíveis — da mudança histórica no novo milênio.” HALL, Stuart, (1997). A centralidade da cultura: notas sobre as revoluções de nosso tempo. Educação & Realidade, v. 22, nº 2, p. 15-46. Deste entendimento decorre que:

I. Os indivíduos se tornam cada vez mais centralizadores dos processos;

II. As lutas pelo poder sejam, crescentemente, simbólicas e discursivas;

III. As políticas assumem progressivamente a feição de uma política cultural;

IV. Haja a reafirmação da vida cotidiana e o apego aos valores tradicionais.

Pode se afirmar que, conforme a construção do conceito de cultura no pensamento de Stuart Hall, estão corretas.

  • A. Apenas II e III.
  • B. Apenas I e II.
  • C. Apenas I e IV.
  • D. Apenas I e III.
  • E. Apenas II, III e IV.

O regime democrático e o Estado de Direito são duas características presentes nas principais nações do planeta. Vários autores como Joseph Schumpeter, Giovanni Sartori, Robert Dahl, Adam Przeworski, Guillermo O’Donnell afirmam que para um país ser democrático o seu desenho institucional deve possuir algumas características fundamentais. Dentre as alternativas abaixo, marque aquela que não é uma característica de modelos democráticos.

  • A. Eleições competitivas, livres e limpas para o Legislativo e o Executivo;
  • B. Inexistência de órgãos de controle dos gastos públicos realizados pelo Poder Executivo.
  • C. Direito de voto, que deve ser extensivo à maioria da população adulta, ou seja, cidadania abrangente no processo de escolha dos candidatos;
  • D. Proteção e garantia das liberdades civis e dos direitos políticos mediante instituições sólidas, isto é, liberdade de imprensa, liberdade de expressão e organização, direito ao habeas corpus e outros que compreendem o componente liberal da democracia;
  • E. controle efetivo das instituições legais e de segurança e repressão — Poder Judiciário, Forças Armadas e Forças Policiais. Isso possibilitaria avaliar o genuíno poder de governar das autoridades eleitas, sem que estas fossem ofuscadas por atores políticos não eleitos, como as instituições apontadas, que muitas vezes dominam nos bastidores.

As mulheres nascem em um mundo que permite a ação plena somente aos homens. Neste, as mulheres encontram-se legadas à segundo plano, em uma vida de subserviência e inatividade. “Não se nasce mulher; torna-se mulher”. Qual obra e autor agrupam este pensamento sobre os estudos de gênero?

  • A. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade, de Judith Butler
  • B. Estrutura, signo e jogo, de Jacques Derrida.
  • C. O segundo sexo, de Simone de Beauvoir
  • D. Profissões para mulheres, de Virginia Woolf.
  • E. As traduções subversivas feministas ontem e hoje, de Marie-France Dépêche.

A socialização é o processo através do qual as crianças, ou outros novos membros da sociedade, aprendem o modo de vida da sociedade em que vivem. Este processo constitui o principal canal de transmissão da cultura através do tempo e das gerações. A socialização liga as diferentes gerações entre si. O nascimento de uma criança modifica a vida daqueles que são responsáveis pela sua educação - e eles próprios consequentemente passam por novas experiências de aprendizagem. Essa não se esgota no tempo, o ser humano passa ao longo da vida por inúmeras experiências de instrução. Assinale a alternativa em que apresenta uma instituição que contribui para a socialização do indivíduo nos primeiros anos de sua vida:

  • A. Partido Político
  • B. Associação de Moradores
  • C. Cadeia
  • D. Família
  • E. Local de trabalho

“Vivemos numa era em que “esperar” se transformou num palavrão. Gradualmente erradicamos (tanto possível) a necessidade de esperar por qualquer coisa, e o adjetivo do momento é “instantâneo”. Não podemos mais gastar meros 12 minutos fervendo uma panela de arroz, de modo que foi criada uma versão de dois minutos para micro-ondas. Não podemos ficar esperando que a pessoa certa chegue, de modo que aceleramos o encontro... Em nossas vidas pressionadas pelo tempo, parece que o cidadão (...) do século XXI não tem mais tempo para coisa alguma.”

O trecho acima reflete a percepção de homem moderno característica de qual teórico contemporâneo?

  • A. Jean - Paul Sartre
  • B. Harold Garfinkel
  • C. Niklas Luhmann
  • D. Allan Touraine
  • E. Zygmund Bauman

Ferdinand Tönnies (1855 – 1936) foi um dos clássicos da sociologia alemã. Em sua obra, ele aborda a diferença entre os conceitos de comunidade (Gemeinschaft) e sociedade (Gesellschaft), fundamentais nos estudos sobre a sociabilidade na contemporaneidade. Sobre a relação entre esses dois conceitos, marque a alternativa incorreta:

  • A. A ideia de comunidade (Gemeinschaft) no pensamento Tönnies baseia-se pela percepção da aplicação da memória na formação das organizações societárias da espécie humana. Conforme a interpretação da obra, a memória comum é a organizadora da coesão social.
  • B. Em teoria, a sociedade consiste em um grupo humano que vive e habita lado a lado de modo pacífico, como na comunidade, mas, ao contrário desta, seus componentes não estão ligados organicamente, mas organicamente separados. Enquanto, na comunidade, os homens permanecem essencialmente unidos, a despeito de tudo que os separa, na sociedade eles estão separados, apesar de tudo que os une.
  • C. As polaridades conceituais propostas por Tönnies são tipos-formais construídos, ou seja, são caricaturas das polaridades de formas societárias. A noção de Gemeinschaft é entendida como a idealização e isolamento de padrões de comportamento que desfrutam de afinidades eletivas e que estão mais próximos à vida em comunidade e, o mesmo ocorre com a Gesellschaft em relação à sociedade.
  • D. O sentimento ou a força que aproxima a mãe do seu filho é uma manifestação do sentimento de Gemeinschaft, é o sentimento que predomina na comunidade, mas que também pode existir na sociedade, assim como o sentimento de Gesellschaft também pode existir na comunidade, mas nunca será predominante.
  • E. Assim como Émile Durkheim (1858 – 1917), Tönnies acredita na passagem natural da comunidade para a sociedade. A sociedade (Gesellschaft) é fruto da evolução, daí entende-se o seu caráter orgânico, onde as relações correspondem à naturalidade da comunidade (Gemeinschaft) Tönnies associa o natural ao mecânico, vida vivida na sua essência, ou seja, em harmonia com a natureza.

Assinale a alternativa incorreta:

  • A. O organicismo tem como premissa que o indivíduo é, essencialmente, uma parte do todo social e de que o bem de cada um só se realiza quando assegurado o bem comum, de forma que a associação transindividual goza de supremacia sobre os interesses dos indivíduos.
  • B. O utilitarismo apregoa que a melhor solução para cada problema sociopolítico é aquela que promove, na maior escala, os interesses dos membros da sociedade política, individualmente considerados.
  • C. Segundo Bobbio, a tolerância jamais é ilimitada, devendo ser estendida a todos, salvo àqueles que negam o princípio da tolerância, como as minorias opressoras, caracterizadas como aquelas que, se se tornassem maioria, suprimiriam o princípio da maioria.
  • D. A democracia deliberativa é compreendida como a prerrogativa popular de eleger representantes, que legitima as instâncias formais do processo majoritário.
  • E. Zonas de contato são campos sociais em que diferentes mundos da vida normativos se encontram e defrontam, como sucede com povos indígenas que se envolvem em conflitos assimétricos com culturas nacionais dominantes, e imigrantes ou refugiados que vão em busca de sobrevivência em países estrangeiros.

Sobre o conceito de trabalho na teoria de Marx, Piccinni e Tolfo afirmam que o trabalho, “defendido pelos detentores do capital, não tem valor ou sentido para o trabalhador que se vê impedido de exercer sua liberdade e criatividade no trabalho exercendo suas funções com um sentimento de estranheza perante o todo” (Tolfo, S. da R. & Piccinini, V. Sentidos e significados do trabalho: explorando conceitos, variáveis e estudos empíricos brasileiros. Psicologia & Sociedade, 2007, 19, 38-46)

A qual sentimento os autores se referem ao tratar do conceito de trabalho?

  • A. Fetichismo
  • B. Alienação
  • C. Desencantamento do mundo
  • D. Consumismo
  • E. Ideologia

“A categoria de ______________ significa (...), de um lado, que a realidade objetiva é um todo coerente em que cada elemento está, de uma maneira ou de outra, em relação com cada elemento e, de outro lado, que essas relações formam, na própria realidade objetiva, correlações concretas, conjuntos, unidades, ligados entre si de maneiras completamente diversas, mas sempre determinadas” (Lukács, G. Existencialismo ou marxismo. São Paulo: Senzala, 1967, p.240).

O espaço em branco da afirmação acima pode ser substituído pela palavra:

  • A. Dialética
  • B. Mercadoria
  • C. Alienação
  • D. Totalidade
  • E. Economia
Provas e Concursos

O Provas e Concursos é um banco de dados de questões de concursos públicos organizadas por matéria, assunto, ano, banca organizadora, etc

Contato

contato[email protected]

{TITLE}

{CONTENT}

{TITLE}

{CONTENT}
Provas e Concursos
0%
Aguarde, enviando solicitação!

Aguarde, enviando solicitação...