Questões de Direito Penal da Fundação Carlos Chagas (FCC)

Lista completa de Questões de Direito Penal da Fundação Carlos Chagas (FCC) para resolução totalmente grátis. Selecione os assuntos no filtro de questões e comece a resolver exercícios.

Sobre a suspensão condicional da pena

  • A. a revogação do sursis depende de condenação irrecorrível por crime cometido durante o período de prova, não se aplicando em caso de contravenção penal.
  • B. o sursis pode ser recursado pelo réu, caso entenda que é mais benéfico o cumprimento de pena em regime aberto por tempo menor do que o da suspensão da pena.
  • C. é incabível nos casos de crimes cometidos com violência ou grave ameaça contra a pessoa.
  • D. em caso de aplicação cumulativa de pena privativa de liberdade e pena de multa, ambas são objeto de suspensão, quando aplicado o sursis.
  • E. o sursis humanitário pode ser aplicado nos casos de condenação não superior a quatro anos, por razões de saúde, ficando a pena suspensa por seis a oito anos.

No que se refere aos crimes contra a Administração pública, é INCORRETO afirmar:

  • A. Comete o denominado crime de peculato estelionato o agente público que apropria-se de dinheiro que, no exercício do cargo, recebeu por erro de outrem.
  • B. Consoante posição do Supremo Tribunal Federal, é cabível a aplicação do princípio da insignificância aos crimes contra a Administração pública.
  • C. Caso o agente público retarde qualquer ato de ofício, em consequência da vantagem indevida, terá cometido o crime de prevaricação.
  • D. É cabível a extinção da punibilidade, no denominado peculato culposo, no caso da reparação do dano ser efetuado em momento anterior à sentença irrecorrível.
  • E. Comete prevaricação imprópria o diretor de penitenciária que deixa de cumprir seu dever de vedar ao preso acesso a aparelho celular, que permita comunicação com outros presos ou com o ambiente externo.

Ana Luci, em virtude da prática de lesão corporal leve (cuja pena abstratamente cominada é de detenção de três meses a um ano) ocorrida em 02/10/2009, foi absolvida impropriamente. Em 09/10/2012, foi-lhe aplicada medida de segurança consistente em tratamento ambulatorial, pelo prazo mínimo de três anos. O trânsito em julgado da sentença para o Ministério Público ocorreu em 29/10/2012. Até o presente momento, Ana Luci não foi localizada para iniciar o tratamento ambulatorial e o Juízo da execução, até o presente momento, decidiu apenas pela realização de diligências para sua localização. Também não há notícias de que Ana Luci tenha se envolvido em nova infração penal.

Considerando o caso concreto, bem como o posicionamento dos tribunais superiores sobre a prescrição das medidas de segurança, a prescrição da pretensão executória

  • A. foi alcançada em 29/10/2015.
  • B. foi alcançada em 29/10/2016.
  • C. foi alcançada em 02/10/2012.
  • D. será alcançada em 09/10/2020.
  • E. será alcançada em 29/10/2020.

De acordo com os dispositivos da parte geral do Código Penal, é correto afirmar:

  • A. Na hipótese de abolitio criminis a reincidência permanece como efeito secundário da prática do crime.
  • B. O território nacional estende-se a embarcações e aeronaves brasileira de natureza pública, desde que se encontrem no espaço aéreo brasileiro ou em alto-mar.
  • C. Crimes à distância são aqueles em que a ação ou omissão ocorre em um país e o resultado, em outro.
  • D. O desconhecimento da lei é inescusável. O erro sobre a ilicitude do fato, se evitável, isenta de pena; se inevitável, poderá diminuí-la de um sexto a um terço.
  • E. É isento de pena o agente que pratica crime sem violência ou grave ameaça à pessoa, desde que, voluntariamente, repare o dano ou restitua a coisa, até o recebimento da denúncia ou da queixa.

Nas infrações contra a dignidade sexual:

I. Induzir ou atrair alguém à prostituição ou outra forma de exploração sexual, facilitá-la, impedir ou dificultar que alguém a abandone é crime punido com detenção.

II. O estupro de vulnerável é descrito como ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 16 anos.

III. A pena é aumentada de quarta parte se o crime é cometido com o concurso de 2 ou mais pessoas.

IV. A pena é aumentada de metade, se o agente é ascendente, padrasto ou madrasta, tio, irmão, cônjuge, companheiro, tu tor, curador, preceptor ou empregador da vítima ou por qualquer outro título tem autoridade sobre ela.

Está correto o que se afirma APENAS em

  • A. I e II.
  • B. II e III.
  • C. I e IV.
  • D. III.
  • E. III e IV.

João decide agredir fisicamente Pedro, seu desafeto, provocando-lhe vários ferimentos. Porém, durante a luta corporal, João resolve matar Pedro, realizando um disparo de arma de fogo contra a vítima, sem contudo, conseguir atingi-lo. A polícia é acionada, separando os contendores. Diante do caso hipotético, João responderá

  • A. apenas por lesões corporais.
  • B. apenas por tentativa de homicídio.
  • C. por rixa e disparo de arma de fogo.
  • D. por lesões corporais consumadas e disparo de arma de fogo.
  • E. por lesões corporais consumadas e homicídio tentado.

A respeito dos crimes contra o patrimônio, é correto afirmar:

  • A. Somente se procede mediante representação, o furto praticado contra tio ou sobrinho.
  • B. Para a consumação do crime de extorsão faz-se necessário o recebimento da vantagem indevida.
  • C. É isento de pena quem comete qualquer crime contra o patrimônio contra ascendente maior de 65 anos.
  • D. A receptação somente é punível se conhecido o autor do crime que originou a coisa receptada.
  • E. No crime de roubo, caso o agente seja primário e tenha sido de pequeno valor a coisa subtraída, o juiz poderá substituir a pena de reclusão pela de detenção, diminuí-la de um a dois terços ou aplicar somente a pena de multa.

Sobre a prescrição, é correto afirmar:

  • A. O prazo prescricional das contravenções penais é diminuído da metade.
  • B. O prazo prescricional das contravenções penais é diminuído da metade.
  • C. O menor prazo prescricional do direito brasileiro é de três anos.
  • D. A pronúncia e o acórdão confirmatório da pronúncia interrompem a prescrição.
  • E. No estupro de vulnerável o termo inicial da prescrição da executória punitiva começa a correr da data em que a vítima completar dezoito anos.

O legislador utiliza, para a aplicação da imputabilidade, o critério biopsicológico. Para sua correta aplicação, deve se proceder à avaliação do nexo de

  • A. causalidade e da capacidade de entendimento e de determinação; e verificada a presença (ou não) do transtorno mental.
  • B. causalidade e da capacidade de entendimento e de determinação; e verificada a presença de doenças orgânicas.
  • C. causalidade com a doença e da capacidade de entendimento e de determinação; e verificada a presença (ou não) do delito.
  • D. causalidade com os influenciadores e da capacidade de entendimento e de determinação; e verificada a presença (ou não) de influenciadores para a ocorrência do delito.
  • E. causalidade e da capacidade de entendimento e de determinação; e verificada a ausência de transtorno mental e a presença de doença orgânica.

As pessoas que forem consideradas inimputáveis, segundo a legislação vigente, serão colocadas em medida de segurança, que consiste em

  • A. internação em hospital penitenciário por no mínimo três meses.
  • B. internação ou tratamento ambulatorial com prazo mínimo de um a três anos.
  • C. internação em comunidades terapêuticas em crimes com pena de reclusão.
  • D. sujeição a tratamento ambulatorial em qualquer tipo de crime.
  • E. sujeição a tratamento psiquiátrico em hospital privado.
Provas e Concursos

O Provas e Concursos é um banco de dados de questões de concursos públicos organizadas por matéria, assunto, ano, banca organizadora, etc

Parceiros

Caso deseje ser um parceiro entre em contato.

questoes de concurso

cupom de desconto

body feminino

pci concursos

bendito guia

{TITLE}

{CONTENT}

{TITLE}

{CONTENT}
Provas e Concursos
0%
Aguarde, enviando solicitação!

Aguarde, enviando solicitação...