Questões de Religiões

Lista completa de Questões de Religiões para resolução totalmente grátis. Selecione os assuntos no filtro de questões e comece a resolver exercícios.

A origem da Igreja Luterana do Brasil foi acompanhada de muitas dificuldades, e data de 1817. Inicialmente, surgiu para atender a comunidade alemã, não permitindo a participação de negros. Para atender a comunidade negra foi fundada uma igreja separada. Essa igreja para negros distava cerca de um quilômetro de distância da igreja dos alemães. Para atender a comunidade de negos foi fundada:

  • A. A igreja congregação Zumbi dos Palmares.
  • B. A igreja congregação Tia Ciata.
  • C. A igreja congregação Manoel do Rego.
  • D. A igreja congregação resistência.

O Natal é uma data em que comemoramos o nascimento de Jesus Cristo. Na antiguidade, o Natal era celebrado em várias datas diferentes, pois não se sabia com exatidão a data do nascimento de Cristo. Com relação ao Natal, podemos afirmar:

  • A. O Natal não tem importância histórica para o Ocidente.
  • B. O Natal é uma invenção humana com finalidade mercadológica.
  • C. O Natal não tem nenhum significado espiritual para o povo cristão.
  • D. Foi somente no século IV que 25 de dezembro foi fixado como data oficial de comemoração.

A festa tem um forte poder de renovação e de esperança. Reafirma os anseios do cotidiano e traz alegria para o coletivo que celebra. Toda atividade festiva tem seu caráter de subversão do real, pois permite às pessoas que celebrem a oportunidade de renovar suas energias criadoras. As festas, em geral, têm forte poder de entretenimento, mobilização e envolvimento social. São festas populares celebradas em todo Brasil, no mês de junho.

  • A. Santo Antônio, São José e São Pedro.
  • B. Santo Antônio, São João e São Pedro.
  • C. Santo Expedito, São João e São Pedro.
  • D. Santo Antônio, São Luiz e São Pedro.

Torah é um vocábulo hebraico usado para indicar todo ensinamento e toda a lei judaica, seja escrita ou oral. Estão contidos na Torah cinco livros também conhecidos como Pentateuco. Os livros contidos no Pentateuco são conhecidos com os nomes:

  • A. Gêneses, Êxodo, Levítico, Ruthe, Deuteronômio.
  • B. Gêneses, Êxodo, Levítico, Números, Deuteronômio.
  • C. Gêneses, Macabeus, Levítico, Números, Deuteronômio.
  • D. Gêneses, Êxodo, Levítico, Números, Amós.

Os evangelhos apócrifos são conhecidos pela vasta gama de informações que oferecem aos pesquisadores. Eles se diferem dos canônicos por não estarem elencados no Cânon oficial das igrejas cristãs. São evangelhos apócrifos:

  • A. Evangelho de Felipe, Judas, Maria Madalena e Tomé.
  • B. Evangelho segundo Saramago, Judas, Maria Madalena e Tomé.
  • C. Evangelho de Felipe, Kardec, Maria Madalena e Tomé.
  • D. Evangelho de Agostinho, Judas, Maria Madalena e Tomé.

No início do século V, Confúcio, com sua Escola de Sabedoria, lançou os fundamentos da ética e da política chinesa para os dois mil anos ou mais que viriam depois. São atribuídos a Confúcio cinco clássicos. Assinale a alternativa CORRETA quanto à identificação desses clássicos.

  • A. Livro das Transformações, Livro de Ouro,Livro dos Cânticos, Livro dos Ritos, Anais de Primavera e Outono.
  • B. Livro das Piedades, Livro da História, Livro dos Cânticos, Livro dos Ritos, Anais de Primavera e Outono.
  • C. Livro das Transformações, Livro da História,Livro dos Cânticos, Livro dos Ritos, Anais de Primavera e Outono.
  • D. Livro das Transformações, Livro da História, Livro dos Cânticos, Livro dos Ritos, Livro do Matrimônio.

Abraão desempenha um papel fundamental não só na Bíblia hebraica, mas também no Novo Testamento e até no Alcorão, onde, depois de Moisés, é a figura bíblica mais mencionada. Com relação a Abraão, podemos afirmar:

  • A. Abraão não tem importância por sua figura pouco significativa no Primeiro Testamento.
  • B. Abraão é um desconhecido, só lembrado no Judaísmo primitivo.
  • C. Abraão não tem importância histórica para nenhuma religião da antiguidade.
  • D. Abraão adquiriu um incomparável significado ecumênico, como patriarca das três grandes religiões de origem semítica do Oriente Médio.

O campo educacional, o espaço-tempo da escola, está envolto em uma dimensão cultural e deve ser visto como tal. Assim, ao pensar a constituição da disciplina Ensino Religioso e sua inserção e permanência no currículo escolar, faz-se importante pensar sua dimensão cultural, principalmente porque o elemento religioso que forjou essa disciplina é, sobretudo, um elemento cultural. Podemos afirmar:

  • A. O ensino religioso não se enraíza na cultura, ele não contribui com os elementos formativos humanos.
  • B. O ensino religioso enraíza-se na cultura e, livre de preconceitos, é importante elemento formativo dos valores humanos.
  • C. O ensino religioso enraíza-se na cultura, é fonte de preconceitos e não contribui para a formação humana.
  • D. O ensino religioso prejudica a formação humana e não faz nenhuma referência à cultura humana.

Na elucidação do conceito de sagrado, duas obras servem de referência para os estudos da questão. A primeira, escrita por Rudolf Otto, expressa o sagrado como algo grandioso e magnífico, provocando medo e admiração no homem. Já a segunda, escrita por Eliade, volta-se para a forma inovadora de se aproximar das estruturas religiosas através da percepção de como o divino se revela ao crente. São obras escritas por Mircea Eliade:

  • A. História das ideias sociais, Imagens e Símbolos, O Sagrado e o Profano, Origens: História e Sentido na Religião.
  • B. História das Crenças Religiosas, Imagens e Representação, O Sagrado e o Profano, Origens: História e Sentido na Religião.
  • C. História das Crenças Religiosas, Imagens e Símbolos, O Sagrado e o Profano, Origens: História e Sentido na Religião.
  • D. História das ideias religiosas no Brasil, Imagens e Símbolos, O Sagrado e o Profano, Origens: História e Sentido na Religião.

Aos muçulmanos são prescritos cinco deveres no Alcorão, que eles devem observar no decorrer da vida. São eles:

  • A. A prece, o caminho da montanha, o pagamento do tributo dos pobres, a peregrinação a Meca e a Guerra Santa.
  • B. A prece, o jejum, o pagamento do tributo dos pobres, a peregrinação a Meca e a Guerra Santa.
  • C. A prece, o jejum, o pagamento do tributo dos pobres, a peregrinação a Meca e a paz com os cristãos.
  • D. A prece, o jejum, o não pagamento do tributo aos pobres, a peregrinação a Meca e a Guerra Santa.
Provas e Concursos

O Provas e Concursos é um banco de dados de questões de concursos públicos organizadas por matéria, assunto, ano, banca organizadora, etc

Parceiros

Caso deseje ser um parceiro entre em contato.

questões de concurso

{TITLE}

{CONTENT}

{TITLE}

{CONTENT}
Provas e Concursos
0%
Aguarde, enviando solicitação!

Aguarde, enviando solicitação...