Questões de Direitos Humanos da Fundação Carlos Chagas (FCC)

Lista completa de Questões de Direitos Humanos da Fundação Carlos Chagas (FCC) para resolução totalmente grátis. Selecione os assuntos no filtro de questões e comece a resolver exercícios.

No plano da teoria geral, certos atributos seriam inerentes aos direitos humanos. Acerca das características principais dos direitos humanos, é correto afirmar:

  • A. A irrenunciabilidade dos direitos humanos deve ser harmonizada com a autonomia da vontade, donde se conclui que a pessoa civilmente capaz pode se despojar da proteção de faceta de sua dignidade, a exemplo do famoso caso francês do “arremesso de anões”.
  • B. Admite-se a relatividade dos direitos humanos, pois estes colidem entre si e podem sofrer restrições por ato estatal ou de seu próprio titular, a exemplo da vedação de associação para fins paramilitares previsto pelo poder constituinte originário.
  • C. Tendo em vista que as normas de proteção aos direitos humanos não integram o chamado jus cogens, a universalidade dos direitos humanos é relativizada, prevalecendo uma forte ideia de respeito ao relativismo cultural, ainda que o Estado seja parte formal da comunidade internacional.
  • D. A imprescritibilidade dos direitos humanos não alcança a pretensão à reparação econômica decorrente de sua violação. Portanto, inexiste direito à indenização por violação a direitos humanos ocorridos durante o regime militar.
  • E. Em razão do caráter histórico dos direitos humanos, existe consenso doutrinário acerca de sua divisibilidade, estabelecendo-se independência entre os direitos humanos e priorização de sua exigibilidade a partir do espaço geográfico em que seu titular esteja inserido.

Segundo jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, os tratados de direitos humanos serão incorporados pela ordem jurídica brasileira a partir da

  • A. ratificação e depósito do tratado pelo Presidente da República
  • B. publicação de decreto legislativo, de forma conjunta, pelo Presidente da República e pelo Presidente do Congresso Nacional.
  • C. promulgação, por um decreto executivo do Presidente da República.
  • D. assinatura do tratado pelo Presidente da República.
  • E. aprovação do Congresso Nacional, mediante decreto legislativo.

Acerca do Sistema Interamericano de Direitos Humanos, é correto afirmar:

  • A. É possível ao Estado-membro suspender todas as garantias previstas na Convenção Americana de Direitos Humanos em caso de guerra, perigo público ou outra emergência que ameace a independência ou segurança do Estado.
  • B. São considerados trabalhos forçados os trabalhos ou serviços exigidos normalmente de pessoa reclusa em cumprimento de sentença ou resolução formal expedida pela autoridade judiciária competente, ainda que executados exclusivamente sob a vigilância e controle das autoridades públicas.
  • C. Ao reconhecer o direito à vida, a Convenção Americana de Direitos Humanos não aboliu a pena de morte. Houve imposição, contudo, de algumas limitações, a exemplo da previsão de pena de morte para delitos políticos apenas quando atentarem contra a nação.
  • D. Em similitude com o Sistema Global de Direitos Humanos, a Organização dos Estados Americanos prevê os direitos civis e políticos e os direitos sociais, econômicos e culturais em diplomas internacionais distintos.
  • E. Verificada grave violação de direitos humanos pelo Brasil e inexistindo solução satisfatória da questão pelos poderes constituídos, o Defensor Público poderá provocar a Corte Interamericana de Direitos Humanos, que poderá declarar a responsabilidade internacional do Estado-parte e condená-lo na obrigação de pagar indenização às vítimas.

Sobre os crimes de lesa-humanidade, o Supremo Tribunal Federal

  • A. e a Corte Interamericana de Direitos Humanos os consideram imprescritíveis.
  • B. nunca se manifestou sobre a matéria, enquanto a Corte Interamericana de Direitos Humanos se manifestou pela imprescritibilidade destes crimes.
  • C. e a Corte Interamericana de Direitos Humanos os consideram prescritíveis.
  • D. os consideram imprescritíveis, enquanto a Corte Interamericana de Direitos Humanos os consideram prescritíveis.
  • E. os consideram prescritíveis, enquanto a Corte Interamericana de Direitos Humanos os consideram imprescritíveis.

O caso Favela Nova Brasília em que o Estado Brasileiro foi julgado perante a Corte Interamericana de Direitos Humanos, trata

  • A. do direito das minorias, especialmente negros e indígenas.
  • B. do direito de petição e o acesso à justiça.
  • C. de violações do direito à vida e à integridade física.
  • D. do direito à moradia em condições precárias nas grandes cidades.
  • E. da convivência entre o direito ao meio ambiente e a intervenção humana.

A aplicação de medidas provisórias pela Corte Interamericana de Direitos Humanos exige os seguintes requisitos:

  • A. a plausibilidade do direito alegado e a indicação da Comissão Interamericana.
  • B. a gravidade, a plausibilidade e o pedido da parte interessada.
  • C. o perigo da demora e a fumaça do bom direito.
  • D. extrema gravidade, urgência e irreparabilidade do dano.
  • E. a reversibilidade da decisão tomada e a urgência.

A proibição do retrocesso garante que direitos humanos conquistados não sejam reduzidos. Sobre o tema é INCORRETO afirmar:

  • A. Trata-se de uma decorrência do princípio da confiança e da segurança jurídica.
  • B. A vedação ao retrocesso já foi utilizada pelo Supremo Tribunal Federal em matéria previdenciária, garantindo que direitos sociais não fossem alterados.
  • C. A dignidade da pessoa humana é preservada, em uma de suas vertentes, pelo entrincheiramento.
  • D. A vedação do retrocesso já foi aplicado em caso de direitos políticos, proibindo-se o retorno ao voto impresso.
  • E. Para doutrina majoritária, a vedação ao retrocesso é garantido como cláusula pétrea (Artigo 60, Parágrafo 4o, inciso IV).

No processo perante a Comissão Interamericana de Direitos Humanos,

  • A. todas as fases serão públicas com o objetivo de constranger o Estado violador a respeitar os direitos humanos.
  • B. em todo caso, é possível a edição de medidas cautelares contra o Estado violador, desde que este seja previamente ouvido.
  • C. se o Estado não reconhecer a competência da Corte Interamericana será o caso de acionar, diretamente, o sistema global de proteção aos Direitos Humanos.
  • D. se não houver conciliação o caso será submetido, em até 3 meses, à Corte interamericana.
  • E. superada a fase de admissibilidade, terá início a fase conciliatória em que se buscará a solução amigável ao litígio, sendo um exemplo concreto o caso Emasculados do Maranhão.

Nos tratados de direitos humanos previstos na Proteção dos refugiados,

  • A. o refugiado também é aquele que não quer voltar a seu país em virtude de fundado temor de perseguição.
  • B. no Brasil, há restrições ao trabalho assalariado de refugiados em decorrência de reservas feitas pelo nosso país ao mencionado Estatuto.
  • C. o direito de associação é restrito às entidades nacionais, sendo vedada uma associação exclusiva de refugiados.
  • D. o Estatuto do Refugiado não tem normas a respeito da aquisição de propriedade imóvel.
  • E. a assistência jurídica, nestes casos, depende de intervenção da embaixada do país de origem.

Recentemente foi admitido, perante a Comissão Interamericana de Direitos Humanos, o caso Luiza Melinho que tratou, de maneira principal, do direito

  • A. ao contraditório e a ampla defesa.
  • B. à integridade física e não sujeição à tortura.
  • C. à realização de cirurgia de afirmação sexual.
  • D. à saúde de criança autista.
  • E. à moradia e ao meio ambiente saudável.
Provas e Concursos

O Provas e Concursos é um banco de dados de questões de concursos públicos organizadas por matéria, assunto, ano, banca organizadora, etc

Parceiros

Caso deseje ser um parceiro entre em contato.

questoes de concurso

cupom de desconto

body feminino

pci concursos

bendito guia

{TITLE}

{CONTENT}

{TITLE}

{CONTENT}
Provas e Concursos
0%
Aguarde, enviando solicitação!

Aguarde, enviando solicitação...